• Facebook
Beach Tennis regressou à Póvoa de Varzim para mais três dias de competição e animação

Beach Tennis regressou à Póvoa de Varzim para mais três dias de competição e animação

Na passada semana, três torneios de ténis de praia voltaram a animar as areias da Póvoa de Varzim, os IV, V e VI Clube da Praia Beach Tennis Open Cidade da Póvoa de Varzim, provas do circuito mundial da modalidade. Foram distribuídos três mil dólares de prize-money tanto no primeiro e no último torneio destes três internacionais.
 
No primeiro destes três torneios, de categoria 4 ITF Beach Tennis Tour, realizado a 11 e 12 de Setembro, participaram nove jogadores lusos, num quadro em que estavam representadas… doze nacionalidades distintas! Foi a dupla composta por um lituano e um brasileiro – Andersons/Rodriquez) a levar a melhor sobre a concorrência. Pedro Maio e o espanhol Victor Rubio foram afastados nas semifinais pela equipa que se viria a sagrar campeã.
 
Nos pares femininos, cinco portuguesas em acção, com Victoria Ribeiro (ao lado de Noa Farias) a chegar mais longe do que as outras lusas, sendo eliminada nas meias-finais. O quadro foi vencido pela dupla russa Kamenetckaia e Livanova.
 
Nos mistos, primeiro troféu para os atletas nacionais. A número um lusa, Manuel Cunha (52ª mundial) formou uma dupla de sucesso com Andersons (LAT) e triunfou neste quadro do torneio.
 
No V Clube da Praia Beach Tennis Open Cidade da Póvoa de Varzim, ITF Beach Tennis Tour categoria 5, as espanholas Farias/Farias dominaram e triunfaram perante a concorrência no quadro feminino de pares. Victoria Ribeiro jogou com Grimanesa Santana (ESP) e classificou-se no 2º lugar do Grupo B, ficando impedida de disputar a final. Quanto ao par masculino, os italianos Bettini/Bazzi conseguiram vencer, na final, Garay/Guzman, sagrando-se campeões do torneio. Participaram nesta prova duas duplas lusas: Marco Silva/André Alexandrino, que passaram a 1ª ronda e Ruben Ferreira/Pedro Andrade.
 
No terceiro e último destes torneios de ténis de praia na Póvoa de Varzim, ainda mais acção e muitos tenistas de várias nacionalidades. Só no quadro masculino foram 10 os jogadores a competir, com Freitas/Maio, respectivamente 51º e 53º da hierarquia mundial, a sagrarem-se vice-campeões da competição. Na final, a dupla lusa não conseguiu vergar os melhor cotados Andersons/Rodriguez.
Na variante de pares femininos, Manuela Cunha e Catarina Alexandrino estiveram em evidência, cedendo apenas nas “meias” frente àquelas que se viram a sagrar campeãs: Kamenetckaia/Livanova, novamente as russas. Quem também esteve em bom plano voltou a ser Victoria Ribeiro que, com Noa Faria, chegou aos quartos-de-final.
 
Mais um evento com organização exemplar organizado na Póvoa de Varzim, que se afirma, cada vez mais, como uma "paragem" incontornável no circuito internacional da modalidade. Realce, ainda, para a boa prestação de todos os atletas portugueses presentes nestes três torneios!