• Facebook
Hendo Guimarães Ladies Open: o balanço

Hendo Guimarães Ladies Open: o balanço

Os torneios internacionais de ténis no feminino voltaram à cidade-berço com o Hendo Guimarães Ladies Open e, com o sucesso da prova, a organização já sonha “mais alto” para a edição do próximo ano.
 
No ITF feminino dotado de $15.000 em prémios monetários, as portuguesas estiveram em especial destaque. Logo na Fase de Qualificação, Ana Filipa Santos conseguiu garantir uma vaga no quadro principal da prova. Bem perto de conseguir esse feito esteve Beatriz Abreu, do CT Braga, que foi eliminada apenas na última ronda do qualifying pela holandesa Arianne Hartono.
 
Já no quadro principal do torneio foram oito as jogadoras nacionais a tentar a sua sorte num quadro bastante competitivo. Enquanto Francisca Jorge, tenista da casa, ultrapassou com sucesso o primeiro desafio da contenda, frente à qualifier Iglesias Prieto, mas sucumbindo depois perante aquela que viria a ser a grande vencedora do torneio, a suiça Lara Michel.
 
Em grande forma surgiu a jovem tenista treinada na ET Maia, Maria Inês Fonte, que, após receber o wilcard para o quadro principal, agarrou a sua primeira vitória em torneios ITF e respectivos pontos quando tem apenas 15 anos! Depois de deixar para trás, na 1ª ronda, uma espanhola, Inês Fonte foi também bem sucedida no confronto com a 4º cabeça-de-série, Britt Geukens. Depois de um percurso memorável, a jogadora cedeu nos quartos-de-final perante o mesmo carrasco de Francisca Jorge.
 
Maria João Koehler, formada em clubes da AT Porto, foi a melhor lusa na prova e conseguiu alcançar as meias-finais do Hendo Guimarães Ladies Open.
 
A AT Porto congratula todas as jogadoras e, especialmente, a organização exemplar do torneio.

hendo ladies open