• Facebook
Campeonatos Europeus Equipas Sub14: Portugal em 3º na Qualificação Feminina

Campeonatos Europeus Equipas Sub14: Portugal em 3º na Qualificação Feminina

A prestação da seleção portuguesa na Europa Cup, vulgo Campeonato Europeu de Equipas, foi muito positiva. Na prova decorrida em Rakovnik, República Checa, as nortenhas Matilde Jorge (CT Guimarães) e Mafalda Guedes (ET Maia) estiveram em especial destaque, deixando Portugal a um passo de conseguir o apuramento para a Fase Final deste Europeu.

No primeiro encontro da contenda, frente à Eslováquia, as jovens lusas ao comando de Ângela Cardoso, capitã nacional, aplicaram um irrepreensível 3-0 às eslovacas. Matilde Morais venceu o seu embate de singulares contra Emma Tothova por 6-4 e 6-3. Em pares, a dupla que é campeã regional absoluta, Jorge/Guedes, bateu Drugnova/Sarinova em dois sets, por 6-3 e 7-5.

Nas “meias”, frente-a-frente com a equipa da casa, a formação nacional não conseguiu reunir argumentos suficientes para levar as checas de vencidas. Tanto Matilde como Mafalda acabariam por ceder nos encontros de singulares frente às adversárias.

Afastada a oportunidade de conseguir uma das vagas para a Fase Final, as jovens portuguesas aplicaram-se para conseguir o 3º lugar nesta competição, batendo a Croácia por 3-0. Depois de Matilde Morais afastar Ema Bubalo, Matilde Jorge selaria a vitória lusa no confronto com Sara Svetac com um triunfo por 6-2 e 6-1. Também nos pares as lusas estiveram bem: a dupla formada por Guedes/Morais foi mais forte que as croatas e venceu por 6-4 e 6-3.

Pode conferir todos os resultados desta prova AQUI.
 

Henrique Rocha fez parte da seleção portuguesa que competiu em Múrcia

A seleção masculina Sub14 também competiu, neste início de Julho, na qualificação do Campeonato Europeu de Equipas do escalão, um torneio realizado em Múrcia, Espanha. Do lote de convocados pelo selecionador fez parte Henrique Rocha, campeão regional de sub14.

Num grupo de qualificação bastante forte, os pupilos lusos começaram frente à Itália, 2ª cabeça-de-série, e viriam mesmo a ceder perante o seu favoritismo. Henrique Rocha teve um jogo equilibrado em singulares – 7-6(2) e 6-2 contra Daniel Minighini -, e ainda no jogo de pares que foi decidido apenas no tie-break (3-6, 6-4 e 3-10 para os italianos).

Desviada para o Consolation Draw, a formação portuguesa encontrou pela frente a selecção ucraniana. Apesar da vitória de Rocha no seu embate de singulares frente a Parintsev por 5-7, 6-2 e 6-4, as derrotas nos dois encontros seguintes ditaram o afastamento de Portugal. No play-ff do quadro de consolação, a equipa lusa voltou a ser infeliz, cedendo perante a Áustria após novo triunfo de Henrique Rocha em singulares, pelos parciais finais de 6-1 e 6-2.

Consulte AQUI todos os resultados desta competição.